“Meu amigo Joaquim, bom dia!

Me dirijo especialmente a você, pedindo que transmita também à Sara Bernardes, para agradecer-lhes pela sempre pronta atenção a mim dispensada nesses últimos anos e, claro, comunicar que ontem defendi minha tese intitulada “A crise da autonomia da vontade iluminista e o surgimento do consumidor no Mercosul: um novo sujeito de direito nas relações jurídicas contratuais pós-modernas”, a qual foi qualificada com nota máxima: 10.

Quero compartilhar com vocês essa alegria!!!

Um grande abraço.

Francisco Ortêncio de Carvalho”

Franciso Ortêncio de Carvalho