Aluno da ESJUS-IESLA lança livro em homenagem às mulheres que lutaram e viveram como operárias na Companhia Valença Industrial, CVI.

O aluno Marcio Vieira, do Doutorado de Filosofia, pela UCSF – Universidade Católica de Santa Fé, lançou a obra Memória das mulheres operárias da CVI, de sua autoria, no dia 07/03/2014, no Centro de Cultura Olivia Barradas Carneiro, Graça Valença – BA.

Este livro é fruto de uma pesquisa de Mestrado de Cultura Memória e Desenvolvimento Regional, do doutorando que é professor de Educação, Filósofo, professor Assistente, de Filosofia em cursos de Direito e Pedagogia,

O livro homenageia as mulheres que lutaram e viveram como operárias na Companhia Valença Industrial, CVI uma das fábricas mais antigas do país ainda em plena atividade.

Sinopse, abaixo:

“Este livro pretende recontar a história de mulheres operárias da Companhia Valença Industrial – CVI, uma das mais antigas fábricas de tecelagem do país ainda em funcionamento. Por meio da narrativa e da história oral, o autor discute o cotidiano dessas operárias, que viveram a sua inserção no mercado formal de trabalho nos anos 1960 a 1970. Fruto de um trabalho de pesquisa do Programa de Mestrado em Memória, Cultura e Desenvolvimento Regional da Uneb, a obra traz à tona a dura rotina da fábrica, as greves, a importância da família proletária, as festas e religiosidades, manifestações e embates políticos da época e como estas mulheres se tornaram referência para uma geração de luta. Assim, os dados aprofundados que Márcio Vieira traz aqui vão de encontro ao que se pode chamar de história tradicional, pois se trata de resgatar a história de pessoas comuns, e a importância da vida destas mulheres está justamente na lição que podem dar às novas gerações sobre a busca por reconhecimento no espaço de trabalho e fora dele.”

Abaixo, fotos da noite do lançamento da obra.

 

Tags: No tags