ESJUS fecha 1º semestre com excelência

A Escola Superior de Justiça encerrou o 1º semestre com a concretização das metas estabelecidas, registrando conclusão de projetos e um ótimo desempenho dos mestrandos e doutorandos nos trabalhos acadêmicos apresentados. Até julho, a instituição manteve 65 turmas de pós-graduação stricto sensu com as 17 universidades conveniadas na Argentina, Portugal e Espanha. Mais de duzentos alunos tiveram os projetos de tese aprovados e, em breve, farão o agendamento para a defesa dos trabalhos, enquanto outros muitos realizaram módulos e outros discentes concluíram os créditos presenciais que antecedem os projetos.

O grupo de brasileiros em curso é formado por profissionais de segmentos variados, sendo que, muitos já possuem uma carreira notável como professores universitários, juízes, promotores de justiça, advogados, gestores de recursos humanos, médicos, diretores de empresas, empresários, funcionários públicos, economistas, contabilistas, presidentes de tribunais e ministros, dentre outros.

Antes, durante e depois da viagem para as primeiras aulas presenciais, os alunos são acompanhados por uma equipe altamente qualificada de assessores, liderada pelo diretor comercial Jasube Gouveia e pelo diretor acadêmico, professor e doutor Joaquim Miranda. A diretora-presidente da ESJUS, Sara Bernardes, explica que esse suporte começa na efetivação da matrícula, emissão de passagens aéreas, documentação, reserva de hotéis, traslados, chegando a assistência com as dificuldades relacionadas ao idioma espanhol, dentre muitas outras.

A assessoria contribui para atender os alunos em suas dúvidas e dificuldades, corroborando para manter um índice baixíssimo de desistência que, atualmente, é inferior a 1%. A assistência diminui os empecilhos que surgem em decorrência da viagem internacional.

Durante o período de 15 dias que ficam no exterior, os mestrandos e doutorandos convivem com professores e orientadores que são doutores conceituados e com formação em diversos países europeus, sendo que, muitos deles, também são docentes em reconhecidas instituições de ensino localizadas nos Estados Unidos, Alemanha, Espanha, Itália e Suécia. Entre os mestres, destacamos o professor doutor Joaquim Miranda, Diretor Acadêmico da ESJUS, que também ministra concorridas aulas na instituição.

Ao longo dos dois anos de curso, os discentes passam por quatro visitas aos países para completar a fase presencial e a defesa da tese para a obtenção do título. As viagens acontecem nos meses de janeiro e julho para que os profissionais utilizem o período de férias nessa qualificação, conseguindo conciliar o estudo com o trabalho. A diretora-presidente faz um balanço positivo desse 1º semestre, destacando “que o período de aulas compreendido entre o dia 01 de Julho ao dia 31 de Julho foi altamente satisfatório e todas as atividades e ações desempenhadas alcançaram níveis de excelência atendendo ao propósito e missão de nosso empreendimento”, conclui.

“A Esjus conduz a formação de seus alunos com muita dignidade profissional e essa oportunidade é única. Um plano de Deus na minha vida. Todos os esforços para essa jornada de mestrado são planos de Deus e sabemos como ninguém que, não nos concede além do que precisamos. Parabéns à ESJUS, pois tem acompanhado todos os alunos com excelência e zelo”, avalia Neuza Trevizani, mestranda em Criminologia e aspirante a membro do Conselho Nacional de Criminologia.

UBA UCA-1-300x224 UK-300x200 UMSA1 unlam-1-1024x768 unlam-2-1024x768 unlam-3-1024x768 unlam-4-1024x768 UNLaM-5-300x225                                                           unlam-5-1024x768

Tags: No tags