Mineiro é novo corregedor-geral do sistema penitenciário nacional

O promotor de justiça de MG e coordenador acadêmico das instituições mineiras de ensino com atuação nacional, Escola Superior de Justiça (ESJUS) e Instituto de Educação Superior Latinoamericano (IESLA), Joaquim Miranda, acaba de ser nomeado Corregedor-Geral do Sistema Penitenciário Nacional, órgão vinculado ao Ministério da Justiça. A solenidade de posse em Belo Horizonte acontece no dia 29 de abril, às 17h, na sede da Associação dos Magistrados Mineiros (AMAGIS).
Estarão presentes no evento autoridades como o Procurador-Geral de Justiça de Minas Gerais, Carlos André Mariano Bittencourt; o desembargador da 4ª Câmara Criminal, Herbert Carneiro – que é também o presidente da AMAGIS; o diretor do Departamento Penitenciário Nacional, Augusto Rossini; além de membros do Conselho Penitenciário Estadual e do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária do Ministério da Justiça. Natural de Gurinhatã, no Triângulo Mineiro, Joaquim Miranda é mestre, doutor e pós-doutorando em Direito, está à frente da Coordenação Acadêmica da ESJUS e do IESLA desde 2006. Atua há 22 anos como Promotor de Justiça em Minas Gerais, tendo coordenado os promotores criminais de Belo Horizonte durante dois anos e ainda toda a área criminal do Ministério Público de Minas Gerais por mais de 6 anos.

Tags: No tags